» » Fungos em madeira

Fungos em madeira

Como evitar, reconhecer e reparar estragos

fungos-madeira

O fungo que ataca a madeira e a reduz com o tempo a uma massa flocosa, que se desfaz a um simples toque, é menos comum do que o fungo que ataca a madeira com um elevado grau de umidade, mas mais perigoso. Pode propagar-se em portas, janelas, assoalho, rodapés, vigas na realidade, em toda a estrutura. Pode deslocar-se através das paredes de tijolo e atacar as construções adjacentes, existem mesmo casos em que ataca mobiliário armazenado ou que só muito raramente é deslocado, afetando as pernas das cadeiras e das mesas, por exemplo.

O primeiro sinal de apodrecimento pode ser um cheiro de mofo. Este tipo de fungo que ataca a madeira desenvolve-se quando há umidade, calor e imobilidade. Um pequeno vazamento na canalização ou uma falha no revestimento anti-umidade podem ser a causa inicial, criando o meio úmido favorável ao desenvolvimento do fungo. Brotam então dos esporos iniciais ramificações que se desenvolvem e tomam formas semelhantes a panquecas gigantes. Essas ramificações liberam esporos microscópicos que têm aspecto de um pó avermehado e podem se espalhar por outras áreas.

A melhor coisa a fazer é certificar-se de que a sua casa é seca e bem arejada. Contudo, se você detectar sinais da presença destes fungos, é essencial eliminar imediatamente todos os vestígios. Contacte para este fim uma empresa especializada, que se encarregará do trabalho.

Se decidir fazer você mesmo o trabalho, retire e queime toda a madeira apodrecida até 60-100 cm da área afetada. Toda a madeira ou paredes num raio de 90 cm da área removida terão de ser tratadas com um líquido contra o apodrecimento por fungos, à venda nas lojas especializadas. Retire todo o estuque das paredes junto à área infectada e raspe com uma escova de pêlo de arame. Recolha e queime todo entulho.

Perfure a área afetada da parede a intervalos regulares, fazendo orifícios inclinados para baixo, com 13 mm de profundidade. Injete líquido contra apodrecimento por fungos e dê tempo para que espalhe entre todos os tijolos. Antes de colocar a madeira nova, trate-a com este líquido. Finalmente, pincele com um líquido fungicida todas as superfícies num raio de 1,5 m a partir da área afetada.

Gostou do que viu? Compartilhe!