» » Madeira de demolição: principais usos e benefícios

Madeira de demolição: principais usos e benefícios

As possibilidades de materiais a serem usadas na carpintaria são muitas e uma das que vem se destacando pela beleza e benefícios é a madeira de demolição.

 

Este tipo de madeira, como o próprio nome indica, se refere a esta matéria-prima que foi retirada de imóveis demolidos e que seriam jogadas fora.

Madeira de demolição

 

Principais tipos para madeira de demolição

 

A oferta mais comum no mercado brasileiro é a Peroba Rosa de Demolição a qual vem de fazendas demolidas no sul do Brasil ou ainda de casas feitas de madeira que foram destruídas.

 

As Cruzetas de Madeira de Demolição consistem em perfis existentes na rede elétrica usadas para dar suporte aos postes e auxiliar na passagem dos fios.

 

Quando o seu uso termina ou as mesmas vão ser substituídas estas madeiras são bastante utilizadas como objeto da carpintaria.

 

Mais uma alternativa para madeira de demolição são os Dormentes que são retirados dos trilhos das linhas ferroviárias.

 

Maiores benefícios no uso da madeira de demolição

 

Com relação aos benefícios no uso deste tipo de madeira o primeiro deles consiste no respeito ao meio ambiente.

 

Além disso, oferece moveis feitos com madeiras de lei – como peroba, carvalho, ipê, jacarandá e outras, que já não são encontradas.

 

E tem ainda o beneficio de levar a criações com cores e linhas bem diferentes em combinações impressionantes.

 

Conclusão

 

Portanto, a madeira de demolição é mais uma opção super na moda que rende belos objetos e lucros para quem atua no ramo da carpintaria unindo com muito requinte o antigo e o novo.

Gostou do que viu? Compartilhe!