» » Propriedades das Madeiras

Propriedades das Madeiras

propriedade-madeira

Higroscopicidade é a faculdade que a madeira tem de absorver a umidade.

E absorve-a na proporção de um oitavo de seu volume por ano, mesmo conservada em lugares secos.

A madeira, ao ser cortada, contém cerca de 50% de umidade. A 30% começa a se contrair, e 12% é o limite de secagem ao ar livre em nosso clima.
A retração, no sentido das fibras, dá-se o nome de longitudinal, e à retração, no sentido transversal, o de radial ou tangencial.

O pinho-do-paraná se retrai 6,7% no sentido longitudinal e 0,5% no radial.
A imbuia, também do Paraná, se contrai 5,4% no sentido longitudinal, e 0,2% no radial.

Tenacidade

A madeira é tenaz quando não se deixa riscar facilmente.

Consistência

E consistente quando tem as fibras compactas, aproximadas.

Resistência é a propriedade que a madeira tem, no sentido perpendicular às fibras, de suportar, até à ruptura, sem se partir, certo esforço de carga de compressão e torção.

Tendência é a propensão que a madeira tem, tanto em pranchas como em tábuas, folhas e ripas, de encanoar, isto é, de ficar côncava no lado menos duro, na face que fica voltada para o alburno.

Elasticidade é a propriedade que têm certas madeiras de voltar à posição primitiva, quando dobradas.

Flexibilidade

Madeira flexível é a que se dobra facilmente sem se quebrar. As nossas madeiras mais brandas são: a tapicuchaba, o guaximbé, a guaiuvira e o açoita- cavalos.

Resistência e tendência

Para aumentar a resistência e diminuir a tendência das madeiras, as tábuas são reduzidas a ripas (para o compensado lamicerne), a filetes de 7 milímetros)
limetros (para o compensado multicerne), e a mosaicos de a 10cm em quadro (para o compensado de cerne quadriculado.

Retalham-se, pois, as peças de modo a produzirem efeitos exigidos para cada natureza de serviço.

Madeiras corantes são as que se empregam na tintura- na, como o dragoeiro, o campeche, à sândalo, o pau-brasil, etc.

Madeiras resinosas são as das árvores que fornecem não só a resina, como também a goma, o verniz, etc.

Madeiras balsâmicas são as que contêm acido cinâmico ou benzóico.

As madeiras mais leves são a madeira chamada anona palustria do Brasil, que pesa menos do que a cortiça, e o miolo do sabugueiro, cuja densidade é de 76 quilos para cada metro cúbico:

Durabilidade ao ar livre

Entre as madeiras estrangeiras mais duráveis destacam-se: o boço, o cedro, o cipreste e a oliveira, que são quase incorruptíveis. Das inúmeras madeiras brasileiras que possuem esta qualidade, mencionam-se os jacarandás, as cabriúvas, as caviúnas, o ipê, o óleo, a aroeira, o guarantã, o pau-brasil, o amarelo-cetim, etc.

A tora lavrada fende-se menos do que a roliça. As madeiras compactas fendem-se menos do que as porosas.

Preservativos das madeiras

São os seguintes  os preservativos aconselhados:

Para as madeiras expostas ao ar;  os vernizes, os mástiques e o alcatrão.

Para as madeiras enterradas: a carbonização superficial ou as injeções de sulfato de cobre, de cloreto de zinco, de pirolenhito de ferro, ou de creosoto.

Contra os insetos: As mesmas injeções e a de biocloreto de mercúrio.

Contra o fogo: o silicato de potássio ou vidro solúve

Gostou do que viu? Compartilhe!