» » Serras para carpintaria: principais tipos e características

Serras para carpintaria: principais tipos e características

Um dos tipos de equipamentos mais importantes para ser usado por quem trabalha com madeira consistem nas serras para carpintaria que podem ser encontradas de diferentes tamanhos e formas sendo que cada uma conta com uma função diferenciada.

Principais tipos de serras para carpintaria

Principais tipos de serras para carpintaria

Neste assunto, o primeiro exemplo deste tipo de equipamento é o Serrote o qual pode ser escolhido entre dois tipos de acordo com o trabalho que será realizado já que a disposição dos dentes e da lâmina no mesmo são diferentes.

A Serra de Costas é a recomendação para a realização de cortes em madeira com maior grau de precisão em virtude de sua lâmina mais fina e com um reforço na parte de trás do instrumento.

Já a Serra de Marceneiro e os Malhetes são outras possibilidades para elaborar cortes de grande precisão e fineza em trabalho de carpintaria ou marcenaria a serem realizadas.

Outras alternativas de serras é a de rodear e a manual para metais que proporcionam os contornos ou ainda detalhes de menor tamanho que devem ser feitos na madeira.

Assim, as serras para carpintaria possuem diferentes tipos e formatos adequados para as variadas fases e tipos de trabalhos com madeira que serão feitos possibilitando uma atividade profissional de muito mais qualidade.

Gostou do que viu? Compartilhe!